Cabeleireira depõe à Polícia Civil sobre vídeo de sexo durante show de Henrique e Juliano

Géssica Gomes dos Santos diz ter sido vítima de estupro e não lembrar do que ocorreu

cabeleireira géssica gomes
Legenda: Marido dela também contou à Polícia não ter conhecimento do que ocorreu
Foto: Reprodução

A cabeleireira Géssica Gomes dos Santos, de 31 anos, que apareceu fazendo sexo com um desconhecido durante o show da dupla Henrique e Juliano, prestou depoimento nessa quarta-feira (22) na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goiânia.

O advogado Gustavo Neves, responsável pela defesa dela, informou ao G1 que a cliente não "lembra do que aconteceu e que só ficou sabendo de tudo no outro dia" quando viu as imagens. O marido de Géssica também estava no show, "mas não se lembra de nada". 

Ainda segundo Neves, o depoimento à Polícia Civil durou três horas. A corporação ofereceu atendimento psicológico e encaminhamento médico à vítima.

Estupro

Géssica Gomes afirma ter sido vítima de estupro durante apresentação musical dos sertanejos Henrique e Juliano  no último dia 5 de junho, em Goiânia. Ela já havia alegado que não lembra da cena.

"Lembro de estar bebendo cerveja, depois de uma luz no meu rosto e de falar 'apaga a luz', mas não tinha noção do que estava acontecendo, muito menos de que tinha alguém filmando. […] Minha vida não é mais a mesma depois dessa exposição toda. Quero expor a minha versão", disse.

A profissional de beleza detalhou que o vídeo foi compartilhado com um relato de que ela e o marido teriam ganhado uma garrafa de uísque em troca de sexo. No entanto, como ela explica, essa versão não é verdadeira. Na realidade, a moça suspeita de que tenha sido dopada.  

"Jamais faria uma coisa dessas, nem uísque eu bebo. Meu marido também nunca deixaria isso acontecer. Quem filmou e enviou o vídeo divulgou [meus perfis nas redes sociais] e meu número”.

Já a dupla comunicou que não teve conhecimento sobre o suposto crime.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil