Putin diz que sanções contra Rússia levarão União Europeia 'às mais difíceis consequências'

Presidente russo avalia que Ocidente sofre mais com medidas que o próprio país

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou, nesta quinta-feira (12), que "a continuação da obsessão pelas sanções" contra o país levará a União Europeia e seus cidadãos "às mais difíceis consequências". Na avaliação do líder russo, os países do Ocidente são os que mais estão sofrendo com as medidas contra a Rússia, resistente aos "desafios externos". O país de Putin invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro e tem sofrido medidas econômicas de países aliados ao governo ucraniano devido à ofensiva.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo