Papa aceita renúncia de arcebispo acusado de se relacionar com uma mulher

Apesar do pedido de demissão, o arcebispo negou todas as acusações

O Vaticano anunciou nesta quinta-feira (2) que o papa Francisco aceitou a renúncia do arcebispo de Paris, o monsenhor Michel Aupetit. O líder eclesiástico apresentou o pedido de demissão ao pontífice em novembro, depois de ter sido acusado na imprensa de manter um relacionamento com uma mulher, o que negou de maneira categórica. A diocese de Paris admitiu que o arcebispo se comportou de maneira ambígua com uma mulher em 2012, mas negou que fosse um relacionamento amoroso ou sexual.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados