Tubarão mata homem na Austrália

Autoridades ordenaram abate de vários animais na área

Um homem morreu em um ataque de tubarão na costa de Queensland, no nordeste da Austrália, no terceiro incidente deste tipo em menos de dois meses nesta área da Grande Barreira de Coral, anunciaram as autoridades nesta terça-feira.

Os socorristas informaram que o homem, de 33 anos, ficou gravemente ferido na tarde de segunda-feira, ao ser atacado no arquipélago das Whitsundays, diante de Queensland. 

Socorrido com a ajuda de um helicóptero, a vítima faleceu no hospital, segundo a rede estatal ABC. 

Uma menina de 12 anos e uma mulher de 46 ficaram gravemente feridas em ataques de tubarão com 24 horas de intervalo nas Whitsundays. 

Após os incidentes, as autoridades ordenaram o abate de vários tubarões de grande porte na área. 

Os últimos incidentes reavivaram o debate sobre a melhor maneira de se evitar os encontros entre tubarões e praticantes de esportes aquáticos. 

Cerca de 180 espécies de tubarões vivem na Austrália. Segundo estudos da agência científica governamental CSIRO, o país conta com 2.210 espécies adultas de tubarão branco, considerados os mais perigosos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados