'Papai Noel' infectado visita asilo na Bélgica e espalha Covid-19; 18 idosos morrem

Caso foi registrado na casa de saúde Hemelrijck, na cidade de Mol

Legenda: O número de mortos desde a visita do Papai Noel tem aumentado na casa de saúde Hemelrijck
Foto: Reprodução/VRT

Um Papai Noel infectado pelo novo coronavírus foi responsável por espalhar a Covid-19 para idosos durante visita a um asilo localizado na cidade de Mol, na Bélgica. O resultado da visita é que 18 idosos morreram por conta do vírus após a visita na casa de saúde Hemelrijck.  

De acordo com informações da emissora VRT, as fotos mostram o homem fantasiado, que não sabia estar infectado com o coronavírus. Ele posa para fotos ao lado dos idosos residentes no início de dezembro. Alguns moradores do asilo, entretanto, estavam sem máscaras.

Durante a pandemia, encontro com o Papai Noel, só a distância

Tradição do Papai Noel se reinventa para manter alegria natalina na pandemia em Fortaleza 

Infectados

Mais cinco residentes morreram na véspera e no dia de Natal. Ainda segundo a emissora, pelo menos 121 residentes e 36 funcionários foram infectados no surto local. 

A equipe da casa de saúde esperava que o Papai Noel aumentasse a moral entre os residentes e, segundo informações da TV, ele não se sentiu mal antes da visita. 

A gerência da casa disse que o Papai Noel e seu ajudante são terapeutas que também tiveram acesso aos residentes em outras ocasiões.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo