Papa Francisco faz visita surpresa a centro de vacinação para pobres e sem-teto do Vaticano

O líder da Igreja Católica cumprimentou profissionais de saúde e pessoas que estavam sendo imunizadas

papa francisco visita
Legenda: Papa posou para foto ao lado de profissionais que estão aplicando as doses contra a Covid-19
Foto: Vatican Media/AFP

Nesta Sexta-feira Santa (2), dia em que a Igreja Católica celebra a Paixão de Cristo, o papa Francisco fez uma visita surpresa ao centro de vacinação para pessoas pobres e sem-teto do Vaticano. Cerca de 800 pessoas já foram imunizadas contra a Covid-19 no local, e ao menos mais 400 deverão ser atendidas.

Vestido com máscara de proteção, o pontífice de 84 anos cumprimentou médicos, enfermeiras, outros funcionários e as pessoas sendo vacinadas, em um espaço de imunização montado perto da Catedral de São Pedro.

Já vacinado com as duas doses, papa Francisco afirmou que receber o imunizante é uma escolha ética, a menos que haja razões médicas sérias para que uma pessoa não possa ser vacinada.

As celebrações da Semana Santa no Vaticano estão sendo feitas com público muito reduzido, pelo segundo ano seguido, em função da pandemia. A Páscoa é uma das principais celebrações anuais da Igreja Católica.

Quinta-feira Santa

Em outro gesto simbólico, o papa celebrou uma missa nessa quinta-feira (1º) ao lado do cardeal Angelo Becciu, que foi afastado após denúncias de desviar dinheiro de obras de caridade da igreja.

Uma fonte do Vaticano disse à AFP que não podia comentar compromissos particulares do papa, mas considerou que "um gesto fraterno assim, em um dia como a Quinta-Feira Santa, não parece raro".

Becciu também foi envolvido em um caso de investimentos com prejuízo do Vaticano em Londres, mas sempre alegou inocência. Ele não foi formalmente acusado por nenhum crime.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo