OMS informa 'vários ataques' com mortos e feridos em centros de saúde da Ucrânia

Órgão ainda não atribuiu ao exército russo a autoria dos atentatos

guerra na ucrânia
Legenda: Total de refugiados da invasão russa na Ucrânia pode subir para 1,5 milhão neste fim de semana
Foto: Aris Messinis/AFP

Centros de saúde da Ucrânia foram vítimas de "vários ataques", segundo confirmou neste domingo (6) a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O diretor-geral do órgão, Tedros Adhanom Ghebreyesus, acrescentou em post nas redes sociais que os atentados causaram "várias mortes e ferimentos".

No entanto, Tedros não repassou detalhes sobre o número de equipamentos de saúde destruídos e nem a quantidade exata de vítimas.

“Ataques a estabelecimentos de saúde ou trabalhadores violam a neutralidade médica e o direito internacional humanitário”, disse, sem fazer qualquer menção às tropas russas que protagonizam um conflito armado em território ucraniano.

Guerra

O conflito entre Rússia e Ucrânia chega ao 11º dia neste domingo (6). A invasão russa ao país ucraniano ocorreu na madrugada do dia 24 de fevereiro, e cidades como Kiev e Kherson viraram cenário de destruição.

Após uma semana de conflito, o diretor da Agência da ONU para Refugiados (Acnur), Filippo Grandi, apontou que o total de refugiados que fugiram da invasão russa na Ucrânia pode subir para 1,5 milhão neste fim de semana.

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo