Novo bombardeio dos EUA atinge milícia iraquiana em Bagdá e deixa mortos

Um novo ataque aéreo americano visou na manhã de sábado (noite desta sexta, 3, no Brasil) um comandante da milícia iraquiana pró-Irã Hashd al-Shaabi, no norte de Bagdá, segundo a TV estatal, no dia seguinte ao bombardeio que matou o líder desta coalizão de milícias e o poderoso general iraniano Qassem Soleimani.

A emissora não informou a identidade do comandante visado no novo ataque, que deixou "mortos e feridos", informou à AFP uma fonte da polícia iraquiana sem, no entanto, dar um balanço preciso.

Segundo a agência Reuters, seis pessoas foram mortas e outras três foram feridas gravemente, conforme informado por uma fonte do exército iraquiano. O ataque aconteceu perto do acampamento Taji, ao norte de Bagdá, contra as Forças de Mobilização Popular do Iraque, que abrigam milícias xiitas apoiadas pelo Irã.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados