Incêndio destrói castelo japonês considerado Patrimônio Mundial

A estrutura de madeira destruída era uma reconstrução efetuada após a Segunda Guerra Mundial, a partir de fotografias dos projetos da construção original

Legenda: Segundo a imprensa japonesa, não se registraram feridos
Foto: AFP

O castelo de Shuri, no arquipélago japonês de Okinawa, catalogado pela Unesco como Patrimônio Mundial, foi parcialmente destruído por um incêndio na noite desta quarta-feira, anunciaram as autoridades locais.

O Shuri é um dos principais elementos de um complexo histórico que remonta ao reino Ryukyu, sendo utilizado a partir do século XV. A estrutura de madeira destruída era uma reconstrução efetuada após a Segunda Guerra Mundial, a partir de fotografias dos projetos da construção original.

Imagens de televisão captadas durante a noite mostravam enormes chamas devorando o histórico prédio. Segundo a imprensa japonesa, não se registraram feridos. Na manhã desta quinta-feira, a parte mais importante do incêndio já estava controlada, mas ainda era possível observar colunas de fumaça.

"A causa do incêndio ainda não foi determinada, mas o alarme de segurança foi  ativado" durante a madrugada desta quinta-feira, disse à AFP Ryo Kochi, porta-voz da polícia de Okinawa.

O fogo começou "no templo principal e parece ter se alastrado rapidamente para todas as estruturas do complexo (...). Os bombeiros ainda estão trabalhando". Mikiko Shiroma, prefeita de Naha, onde está o complexo, ficou "profundamente abalada com a notícia do incêndio no castelo Shuri". "É um Patrimônio Mundial que representa Okinawa. A cidade de Naha fará o possível" para superar este incêndio e enfrentar as consequências.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo