Ex-policial Major Carvalho, considerado um dos maiores traficantes do mundo, é preso na Hungria

Criminoso fugiu do Brasil e estava foragido desde 2018, quando foi visto pela última vez

Major Carvalho
Legenda: Polícia húngara prende ex-policial brasileiro Major Carvalho
Foto: Reprodução

Conhecido como o Major Carvalho, o brasileiro Sérgio Roberto de Carvalho, 62, um dos maiores traficantes do mundo, foi preso nesta terça-feira (21) pela polícia da Hungria. As informações são do Correio Braziliense

Carvalho usava um passaporte mexicano e estava foragido desde 2018, quando foi visto pela última vez. O traficante era procurado pelas polícias do Brasil e da Europa e a perspectiva é de que ele seja extraditado para o país de origem. 

O ex-policial era investigado em Portugal depois de uma van ligada a ele ter sido encontrada com 12 milhões de euros. Ele é considerado um dos cabeças de uma rede internacional de tráfico de drogas.

Após fugir do Brasil, o criminoso teria montado sua base entre Portugal, onde tinha um apartamento e um escritório em Lisboa, e Espanha, em que aparece como dono de uma mansão de luxo avaliada em 2 milhões de euros em Marbella.

Droga avaliada em 360 milhões de euros

Estima-se que o grupo chefiado pelo Major tenha enviado, desde 2017, mais de 50 toneladas de cocaína para a Europa, avaliada em 360 milhões de euros.

Com longa ficha criminal, Carvalho foi transferido para a reserva remunerada da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul em 1997. No ano seguinte, foi condenado a mais de 15 anos de prisão pelo tráfico de 237 quilos de cocaína. Depois de um longo processo, ele perdeu o posto e a patente policial, e teve a aposentadoria suspensa em 2010. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo