Criança de 5 anos iniciou incêndio que matou 12 familiares ao queimar árvore de Natal nos EUA

Os detectores de fumaça do imóvel não funcionaram

Bombeiros combatem incêndio em casa na Filadélfia que causou a morte de 12 pessoas da mesma família
Legenda: Os bombeiros levaram cerca de 50 minutos para controlar as chamas, que atingiram o segundo dos três andares da residência
Foto: AFP

Um incêndio que atingiu uma casa e causou a morte de 12 pessoas, sendo oito delas crianças, na semana passada, na Filadélfia, Estados Unidos, foi provocado por um menino de 5 anos. Segundo as autoridades revelaram nessa terça-feira (11), o garoto acendeu uma árvore de Natal usando um isqueiro.

Segundo informações do New York Times, as chamas começaram antes do amanhecer e se alastraram rapidamente para o segundo andar da residência. A criança de 5 anos, uma das únicas sobreviventes, informou à polícia que estava brincando com um isqueiro. 

Com base no depoimento do garoto, os investigadores determinaram que ele era o único residente na parte do apartamento onde o fogo começou. 

“Acreditamos nas palavras dessa criança de 5 anos, dessa criança traumatizada de 5 anos, para nos ajudar a entender como o isqueiro e a árvore se juntaram com consequências trágicas”, disse o comissário de bombeiros da Filadélfia, Adam K. Thiel. “Refutamos quaisquer outras teorias”, completou. 

No momento do incêndio, 14 pessoas estavam no imóvel — foi inicialmente divulgado haver 19 indivíduos no local — e todos, exceto a criança de 5 anos, estavam nos quartos do terceiro andar. Ao todo, 12 pessoas que estavam no local, incluindo três irmãs e nove de seus filhos e filhas, morreram.

Duas pessoas, incluindo o garoto e um homem que saltou de uma janela do terceiro andar, foram hospitalizados com ferimentos. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, os detectores de fumaça da casa não funcionaram. No total, existiam quatro dispositivos do tipo, que pertencem à autoridade habitacional da cidade. 

Os agentes da corporação chegaram ao local por volta das 6h40 (horário local) e levaram cerca de 50 minutos para controlar as chamas, que atingiram o segundo dos três andares da casa.   

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados