Coronavírus: Latam suspende voos entre SP e Milão; saiba o que fazer

Companhia aérea dá orientações sobre medidas a ser tomadas por quem depende do voo

Legenda: Homem com máscara de proteção na Piazza del Duomo, no centro de Milão
Foto: Foto: AFP

A Latam Airlines Brasil informou, na tarde desta segunda-feira (2), que suspenderá temporariamente os voos entre São Paulo e Milão. A medida será realizada a partir de hoje (2) até 16 de abril, como consequência da propagação do coronavírus (COVID-19) e da baixa demanda para a Itália. Atualmente, a companhia opera sete frequências semanais para este destino. A suspensão do voo Guarulhos-Milão será realizada hoje, enquanto o retorno Milão-Guarulhos será suspenso a partir de amanhã, terça-feira (03).

"Estamos observando o cenário desta contingência de saúde pública mundial e a decisão da companhia é baseada, em primeiro lugar, na propagação do vírus na Itália, assim como na queda atual na demanda da rota. A companhia é consciente do problema e espera que a situação se normalize o mais brevemente possível pelo bem-estar e saúde de todos os seus passageiros e tripulantes”, declarou Jerome Cadier, CEO da LATAM Airlines Brasil.

O executivo destacou ainda, em comunicado, que “a LATAM se compromete com os clientes afetados por esta restrição, ajudando-os com a remarcação sem multa e as opções de reembolso completo". 

"A companhia está em contato com os passageiros afetados para oferecer soluções de acordo com as suas necessidades de viagem. Os clientes com passagens emitidas de/para Milão poderão optar por uma das seguintes alternativas sem cobrança de taxas, dentro da validade do bilhete: remarcação da data do voo (sem multa ou diferença tarifária), reembolso completo (sem multa) e remarcação de origem/destino (sem multa e sujeito a diferença tarifária)", informou comunicado da LATAM.

Com relação aos passageiros que estão em Milão com passagem de retorno ao Brasil, a companhia se compromete a garantir o seu regresso ao país por meio de voos da LATAM ou de companhias aéreas parceiras que operam esta rota.

Para escolher qualquer uma dessas alternativas, os passageiros devem entrar em contato com a Central de Atendimento ao cliente pelos seguintes números telefônicos:

Brasil: 0300 5705700

Chile: 600 526 2000

Argentina: 0810 999 9526

Colômbia: (1) 7452020 (Bogotá), 18000949490 (fora de Bogotá), 031 7452020 (celulares). 

Equador: 1 800 000 527

Peru: (01) 213 8200 

México: 01 800 272 0330

Paraguai: 595 21451535

Estados Unidos: 1 866 435 9526

Canadá: 1 888 235 9826

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo