Brexit: May pediu adiamento de saída de Londres da UE para 30 de junho

A premiê britânica tentará mais uma vez aprovar um acordo para saída do Reino Unido da União Europeia

Legenda: A primeira-ministra britânica, Theresa May, deixa a Downing Street, em Londres, no último dia 20, antes da sessão de perguntas e respostas semanais do Primeiro Ministro (PMQs) na Câmara dos Comuns
Foto: Foto: Niklas HALLE'N / AFP

O governo britânico pediu, nesta quarta-feira (20), à União Europeia um adiamento de três meses da data de saída do bloco, marcada para 29 de março, anunciou a primeira-ministra Theresa May à Câmara dos Comuns.

"Eu escrevi esta manhã para o presidente (do Conselho Europeu, Donald) Tusk informando-o que o Reino Unido quer uma extensão do artigo 50 (que rege a partida de um país membro, ndlr) até 30 de junho", explicou May para os deputados. Muitos esperavam que a extensão fosse significativamente mais longa.

Mais cedo, o Ministro de Educação britânico, Damian Hinds, disse à BBC que um adiamento curto era a opção certa.

"Acho que as pessoas estão um pouco cansadas de esperar o Parlamento se acertar e aprovar um acordo", disse Hinds.

Desde o começo do ano, May fez duas tentativas fracassadas de aprovar um acordo de Brexit no Parlamento britânico. Com informações da Associated Press.

Com informações do Estadão Conteúdo

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo