Bebê nasce com anticorpos contra a Covid-19 na Bahia

O menino é filho de uma médica obstetra, que recebeu a segunda dose da vacina AstraZeneca/Oxford em 5 de maio, 16 dias antes do parto

Bebê que nasceu com anticorpos contra Covid-19 na Bahia
Legenda: O Lacen-BA confirmou a presença de anticorpos na mãe e na criança, que passará por exames regulares para avaliar a duração das defesas no organismo
Foto: Reprodução Governo do Estado da Bahia

A Secretaria da Saúde da Bahia divulgou, nesta quarta-feira (26), que o Estado tem o primeiro recém-nascido com anticorpos contra a Covid-19. O bebê nasceu na última sexta-feira (21), em Salvador.

O menino é filho de uma médica obstetra, que recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford em 4 de fevereiro e a segunda dose em 5 de maio, 16 dias antes do parto.

Os testes foram realizados dois dias após o nascimento, com amostras que foram analisadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA). O órgão confirmou a presença de anticorpos na mãe e na criança, que passará por exames regulares para avaliar a duração das defesas no organismo. 

A diretora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro, acredita que, mesmo não havendo protocolos definidos pelo Ministério da Saúde para avaliação de recém-nascidos, trata-se de um importante passo no monitoramento dos casos.

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, também se manifestou, destacando ser um exemplo da eficácia da vacina contra a Covid-19. 

Santa Catarina registra caso

O primeiro caso documentado de criança nascida com anticorpos no País aconteceu em Santa Catarina. A criança, também filha de uma médica, nasceu na cidade de Tubarão.

A mãe trabalha em um posto de saúde da cidade e foi vacinada quando estava com 34 semanas de gestação. Dois dias após o nascimento do bebê, no dia 9 de abril, um teste comprovou a presença de 22% de anticorpos na amostra analisada. 

Já na cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, uma menina também nasceu com as defesas após a mãe contrair a doença, no oitavo mês de gestação. Segundo informações do portal G1, ela não havia tomado nenhuma vacina contra o coronavírus.