Vítima de estupro em Juazeiro marcou encontro em praça pública, mas foi arrastada para matagal

A mulher conheceu o suspeito pelo Facebook e marcou encontro em uma praça, mas ao sair para outro destino foi arrastada pelo homem para um matagal

A jovem de 26 anos vítima de violência sexual por um suspeito com quem marcou encontro por meio do Facebook, em Juazeiro do Norte, combinou de vê-lo em praça pública, mas foi arrastada para um matagal, conforme narrou em depoimento à polícia nesta sexta-feira (18). O homem ainda não foi preso. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte. 

À polícia, a vítima contou que já conversava com o homem há algum tempo por meio de redes sociais, antes de combinarem de se encontrar. O crime aconteceu, na noite de quarta-feira (16). 

“Infelizmente, a gente tem visto recorrentemente esses fatos acontecerem. A vítima nos relata que conheceu um homem através do Facebook e começou a trocar mensagens com ele. Ele teria enviado um áudio pelo Messenger, ela não conseguiu entender o áudio e deu o número do celular para manter contato. Naquele mesmo dia, ele já chamou ela para um encontro, prometendo algumas coisas pra ela”, informou a delegada Deborah Gurgel. 

De acordo com a delegada, vítima e suspeito se encontraram em uma praça pública. Mas de lá foram até um bar, onde ingeriram bebida alcoólica. O suspeito, então, disse à vítima que precisava entrar em contato com um amigo que buscaria o casal para irem a outro destino. Ao se distanciarem do local movimentado, o homem arrastou a mulher até um matagal e praticou o crime de estupro. 

A mulher conseguiu pedir ajuda em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde a polícia militar foi acionada.  

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança