Suspeito de participar de latrocínio em bairro de Fortaleza já respondia por tentativa de homicídio

Maria de Paula Miguel trafegava pela Avenida Manoel de Castro Filho

Legenda: Maria de Paula foi baleada pelos suspeitos no bairro Edson Queiroz
Foto: Arquivo pessoal

A Polícia Civil do Ceará informou, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (20), que um dos suspeitos de participar da morte de uma dona de casa na noite desta quarta-feira (19) no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza, já possuía antecedentes criminais por tentativa de homicídio e roubo a residência. 

Ícaro Albuquerque de Freitas, de 20 anos, foi preso no mesmo bairro onde o crime foi cometido momentos após o latrocínio que vitimou  Maria de Paula Miguel. O segundo participante do crime foi morto durante um confronto com a Polícia Civil.

Maria trafegava no carro dela pela avenida Manoel de Castro Filho com os dois filhos e a mãe. A dona de casa chegou a ser socorrida para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), onde recebeu "atendimento de imediato", conforme boletim do hospital, mas não resistiu e morreu na madrugada desta quinta-feira (20). 

Após o crime, a polícia fez buscas e conseguiu capturar Ícaro Albuquerque de Freitas, de 20 anos. Com ele, a polícia apreendeu uma pistola 9 mm que, posteriormente, será periciada para saber se foi a arma usada no crime.

Suspeito morto em confronto com a polícia

A polícia continuou as buscas e conseguiu chegar ao segundo suspeito do crime, identificado como Francisco Joel Soares da Silva, de 28 anos, que já tinha antecedentes criminais por roubo. Ao avistar os agentes, o suspeito entrou em confronto com a polícia e acabou morrendo baleado.

Com ele foi apreendido um revólver municiado. O suspeito preso e as armas apreendidas foram encaminhados à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, onde o flagrante foi lavrado. A polícia segue investigando o crime.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados