Suspeito de matar sargento da PM no Bairro de Fátima é preso em Minas Gerais

O crime ocorreu em abril de 2020. Na época, um sargento de 45 anos e sua esposa estavam em um veículo quando foram surpreendidos pelos suspeitos

Legenda: O PM estacionou para ir ao supermercado e foi surpreendido pelos assaltantes. O militar foi levado para o hospital, mas morreu
Foto: Foto: Rafaela Duarte

Foi preso, nesta segunda-feira (25), o suspeito de matar um sargento da polícia militar em abril de 2020, no Bairro de Fátima, em Fortaleza. Foragido da Justiça desde então, Wesley Rocha Loiola, de 26 anos, foi localizado no município de Miradouro, em Minas Gerais.

A prisão ocorreu após trocas de informações entre a Polícia Civil do Ceará (PC-CE), da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS), o suspeito possui antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo. A pasta informou que ele estava em posse de documentos falsos, em Minas. 

Crime 

Ele e outros são suspeitos de tentar roubar e atirar contra o sargento da PMCE, de 45 anos, em 21 de abril do ano passado. Segundo informações colhidas na época, a vítima e a companheira estavam em um veículo, no bairro de Fátima, quando foram surpreendidas por um grupo criminoso.

Os suspeitos teriam anunciado o assalto, mas, ao notarem que a vítima era um agente de segurança pública, atiraram contra ela. O sargento chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Investigações

A SSPDS informou que o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da PC-CE, concluiu as investigações sobre o fato, que resultou na identificação e indiciamento de todos os envolvidos.

Com as decisões judiciais em mãos, os investigadores identificaram que Wesley estava em Minas. Lá, ele ainda chegou a apresentar documentação falsa e foi autuado em flagrante pelo crime de falsa identificação.

Agora, a PC-CE continua as investigações para localizar e prender o outro envolvido no crime.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança