Suspeito de matar homem e balear filho da vítima de 4 anos é preso

Homem foi detido com drogas, dinheiro, balança de precisão e celulares

Um homem suspeito de matar um desafeto e balear o filho da vítima, de apenas 4 anos, em Aracati, na noite da última segunda-feira (8), foi preso minutos depois pela Polícia Militar. A criança foi levada ao Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza, por um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Bismarck Barbosa da Silva, 28, foi detido em flagrante por uma equipe do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) por tráfico de drogas e está sendo investigado por homicídio e tentativa de homicídio.

A Polícia recebeu informações que Bismarck da Silva, com a ajuda de um comparsa, em uma motocicleta, atiraram contra Lidivânio da Rocha Silva, conhecido como 'Vanim', 27, e o filho da vítima, em uma praça no bairro Vila São Rafael. 'Vanim' chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

Após denúncias anônimas, uma composição do BPRaio se deslocou até a residência do suspeito na Vila Buiú e, além da prisão de Bismarck, realizaram a apreensão de 37g de maconha, 92g de cocaína, dinheiro em espécie, balança de precisão, celulares e materiais utilizados na traficância de entorpecentes.

O suspeito foi levado à Delegacia Regional de Aracati, da Polícia Civil, onde foi autuado por tráfico de drogas. "Sobre o seu envolvimento no crime de morte, a Polícia Civil permanece investigando, bem como diligencia visando identificar o segundo o envolvido", explicou a SSPDS.

Vastas fichas criminais

Suspeito e vítima do homicídio possuem vastas fichas criminais. Bismarck da Silva, antes de voltar a ser preso, já respondia por homicídio, roubo, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menor. Enquanto 'Vanim' tinha passagens pela Polícia por tráfico de drogas, roubo, porte ilegal de arma de fogo, receptação, crime contra a administração pública, furto e crime de trânsito.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança