Suspeito de desviar tubulações avaliadas em mais de R$300 mil é indiciado pela Polícia Civil

Segundo a polícia, o homem é funcionário de uma empresa terceirizada e foi apontado como responsável por subtrair os objetos

Escrito por Redação,

Segurança
Legenda: Polícia indicia suspeito de desviar tubulações da Petrobras avaliadas em mais de R$ 300 mil no Ceará.
Foto: SSPDS/Divulgação

Um funcionário de uma empresa terceirizada foi indiciado pela Polícia Civil suspeito de furtar 43 tubulações de propriedade da Petrobras avaliados em R$ 300 mil em Icapuí, no interior do Ceará. O caso foi divulgado pela polícia na tarde desta sexta-feira (4).  

O suspeito, natural de Mossoró (RN), que não teve a identidade divulgada pela polícia, teria negociado a venda dos tubos para um homem residente em Mossoró no valor de R$ 9 mil, pagos à vista. 

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o homem teria acertado com o comprador para buscar as tubulações diretamente da Petrobras, em Icapuí. O comprador, conforme apontam as investigações, contratou o serviço de um caminhão para fazer a remoção do material.

No dia do furto, uma equipe da segurança da empresa abordou os envolvidos no crime, momento em que o funcionário teria dito que tinha autorização para recolher o material e que o deixaria em um pátio pertencente à Petrobras. No dia seguinte, conforme a SSPDS, o vigilante da empresa descobriu que os tubos não estavam no local onde o investigado disse que estariam.

Ao confrontar as informações, o funcionário pediu ao vigilante que fizesse "vistas grossa" e teria oferecido dinheiro para que ele ficasse calado, pedido negado pelo vigilante.

Investigação

Após a descoberta do vigilante, a Polícia Civil de Icapuí foi procurada e conseguiu desvendar o esquema criminoso e a dinâmica da ocorrência, além do possível destino do material furtado: uma sucata em Mossoró (RN). 

O suspeito foi ouvido pela polícia e confessou o crime. Ele devolveu R$ 7,8 mil, referente ao dinheiro pago na negociação ilícita, e se comprometeu a entregar o restante do valor. Ele foi indiciado por furto qualificado pelo abuso de confiança e concurso de pessoas. A Polícia Civil realiza diligências para identificar outras pessoas e localizar os tubos.

Assuntos Relacionados