Suspeito de atentado à prefeita de Quixelô se apresenta à Polícia Civil

A Delegacia Regional de Iguatu, que apura o caso, solicitou pedido de prisão preventiva de 'Lânio'

Escrito por Redação,

Segurança

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou na noite desta segunda-feira (7), em nota, que Gilderlâno Alves de Araújo, o 'Lânio', suspeito de ter tentado matar a prefeita de Quixelô, Fátima Araújo, no último domingo (6), se apresentou à Polícia Civil na Delegacia Municipal de Solonópole. Conforme o órgão, o suspeito foi ouvido e liberado no mesmo dia. 

Conforme informações da Delegacia Regional de Iguatu, que investiga o caso, Gilderlâno é produtor rural e marido de uma sobrinha da prefeita. As apurações indicam que ele chegou a um sítio, na zona rural de Quixelô, durante a comemoração do aniversário de Fátima Araújo.

As investigações apontam que ele estava armado com uma pistola Taurus, calibre 9mm, e efetuou um disparo de arma de fogo para o alto e cerca de dois em direção à multidão, e em seguida tomou rumo ignorado. Ninguém ficou ferido.

A SSPDS ainda informou que a Delegacia Regional solicitou mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito.