Suspeito de atear fogo na casa da ex-companheira, no Crato, é preso em Trairi

Homem cometeu o crime ao saber que a mulher foi denunciá-lo por violência doméstica, no Crato

Escrito por Redação, seguranca@svm.com.br

Segurança
Legenda: Telhado da residência desabou durante o incêndio

Um homem de 35 anos, suspeito de atear fogo na casa da ex-companheira, no Crato, enquanto ela o denunciava por violência doméstica, foi preso, na última sexta-feira (11), em Trairi. Durante o incêndio, ninguém ficou ferido.

Ele já respondia pelos crimes de tentativa de homicídio e posse de drogas, informou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), e estava com mandado de prisão em aberto desde o último dia 20 de novembro, quando o caso ocorreu. O nome do homem não foi revelado para não expor a ex-companheira dele.

Também conforme a Pasta, foi cumprido um mandado de prisão preventiva por descumprimento de medidas protetivas e por provocar incêndio. Agora, ele encontra-se à disposição do Poder Judiciário.

Assuntos Relacionados