Soldado da Marinha que participava da GLO chama PMs de 'vagabundos' e é retirado da operação

O soldado se referiu aos policiais cearenses que estão amotinados pelo 9º dia consecutivo. O fuzileiro naval deve responder a procedimento administrativo, conforme a Marinha do Brasil

Um soldado do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal que estava em Fortaleza participando da Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi retirado da operação da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) após chamar policiais militares de 'vagabundos'. De acordo com informações apuradas pelo G1 do Rio Grande do Norte, a fala foi registrada por meio de um vídeo feito no celular do próprio soldado. O servidor se referia aos policiais que estão amotinados, em paralisação que acontece pelo 9º dia consecutivo.

"E ai, pessoal! Estamos aqui, oh, em Fortaleza, fazendo aquela patrulha na cidade, já que os vagabundos dos PM não quer, nós tá aqui (sic)", disse o fuzileiro em trecho do vídeo, enquanto circulava em um caminhão pela Capital.

Por nota, a Marinha do Brasil confirmou o caso e disse ter tomado conhecimento do vídeo com "declarações reprováveis". A Marinha se posicionou afirmando que as declarações feitas pelo soldado não representam o posicionamento da Força. 

O vídeo circulou na internet e o soldado foi enviado de volta ao Rio Grande do Norte. O fuzileiro naval deve responder a procedimentos administrativos. Ainda por meio da nota emitida pelo Comando do 3º Distrito Naval de Natal, "as sólidas relações entre a MB e a Polícia Militar do Estado do Ceará, que incluem seus componentes, permitem às instituições enfrentarem o momento atual de forma respeitosa, cordial e colaborativa, como foram os últimos 150 anos de convivência no Estado do Ceará".

Reforço na Segurança

Desde a última semana, 2.500 homens do Exército Brasileiro e 300 da Força Nacional de Segurança foram designados para reforçar a segurança da população cearense. Conforme publicado no Diário Oficial da União (DOU), o Exército deve atuar para garantir a Lei a Ordem no Estado até a próxima sexta-feira (28).


 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança