Segundo suspeito de matar professor durante fuga se entrega à polícia acompanhado do advogado

Marcos Willian Silvino da Silva já tinha passagem pela polícia por crime de roubo

Legenda: Carro abandonado pelos criminosos no local do acidente.
Foto: Rafaela Duarte

Marcos Willian Silvino da Silva, de 18 anos, se entregou à polícia acompanhado do advogado no início da tarde desta sexta-feira (13), em Fortaleza. Ele é apontado como o segundo suspeito de causar a morte do professor universitário. Willian já possuía um mandado de prisão em aberto. O jovem tem passagem pela polícia por crime de roubo cometido quando menor. 

Outro suspeito já havia sido preso pela polícia na última quarta-feira (11), Matheus Lopes Araújo, de 23 anos, estudante de ciências biológicas e natural do Amapá. Um outro homem identificado pela polícia apenas como “Ruan”, continua foragido. 

O crime

Os três suspeitos assaltaram uma residência do Bairro Cidade 2000, na última sexta-feira (6) e na fuga atropelaram o professor universitário Sandro Xavier, que trafegava em sua motocicleta pela Rua Professor Francisco Gonçalves, no Bairro Dionísio Torres. 

Câmeras de segurança registraram toda a ação. Eles abandonaram o carro no local e fugiram a pé, deixando a vítima no chão sem prestar socorro. As imagens mostram o momento em que populares tentaram reanimar o professor até a chegada de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Sandro faleceu no local. 

No automóvel usado pelo trio, a polícia encontrou uma arma de fogo calibre 22, um aparelho de televisão e outros objetos furtados da casa invadida pelos suspeitos.