SAP renova medidas contra propagação da Covid-19 até o fim do mês

Continuam suspensas as visitas sociais, cursos, atividades religiosas e escoltas judiciais e hospitalares, com exceção de emergências

Legenda: O sistema penitenciário cearense tem ao menos 180 casos de Covid-19
Foto: Foto: Reprodução

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) renovou as medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus, nos presídios do Ceará, até o fim deste mês de maio, através de portaria publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) da última terça-feira (19). O sistema penitenciário cearense tem ao menos 180 casos de Covid-19.

Conforme a portaria, continuam suspensas, até o dia 31 de maio, as visitas sociais; os cursos profissionalizantes e educacionais; as atividades e a assistência religiosa; escoltas judiciais; e escoltas hospitalares, exceto as emergências.

A Pasta também manteve o banho de sol dos internos com duração de 3 horas diárias; e o acesso dos advogados às unidades prisionais restrito a segunda a sexta-feira, entre 10h e 12h, com duração de no máximo 20 minutos. Os advogados devem passar por triagem médica e estar munidos de máscara facial, álcool em gel e luvas.

Por segurança, os presos que se encontram internados em hospitais, ao receberem alta médica, devem ficar 14 dias em isolamento; assim como os presos que chegarem da Polícia Civil. Já aqueles que testarem positivo para a Covid-19 serão levados para a Enfermaria Máxima de Saúde, implantada em cada presídio para isolar os casos da doença. Confira a portaria completa na página 3 do DOE (clique aqui).

Presídios têm mais de 180 casos de Covid-19

Até a semana passada, o sistema penitenciário cearense tinha pelo menos 182 casos de Covid-19, sendo 130 agentes penitenciários e 52 presos (28 mulheres e 24 homens), conforme informações do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). A SAP não divulgou os números.

Mesmo com 28 casos da doença registrados, o Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa (IPF), localizado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), recebeu 51 detentas oriundas da Unidade Prisional de Sobral. A Secretaria da Administração Penitenciária informou que "não fornece detalhes sobre transferência de internos ou internas dentro do sistema prisional, por questão estratégica de segurança".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança