Policial que atirou na cabeça da esposa se apresenta em delegacia e é liberado

O subtenente foi ouvido na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e não chegou a ser preso. O estado de saúde da mulher é grave

Instantes após ter atirado na cabeça da esposa, o subtenente da Polícia Militar foi ouvido na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza e liberado. Segundo nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o militar não chegou a ser preso. Ele foi autuado por tentativa de feminicídio e segue sendo investigado.

A Pasta informou na manhã desta terça-feira (5) que a liberação se deu por o PM ter se apresentado espontaneamente. A SSPDS destacou que a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) tomou conhecimento do ocorrido e uma investigação na seara administrativa será realizada pelo órgão.

O subtenente disparou contra a esposa, que foi socorrida ao Instituto Doutor José Frota (IJF). A reportagem apurou que a vítima permanece internada, em estado de grave. O crime aconteceu na casa do casal, no bairro Montese e o tiro teria atingido o ouvido da vítima.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança