Polícia Civil do CE consegue remover página de pornografia infantil com mais de 172 mil seguidores

Os adeptos da página de uma rede social, bem como os responsáveis pelos conteúdos publicados, estão sendo investigados.

A Polícia Civil do Ceará interviu para remover, neste domingo (29), uma página do Facebook com mais de 172 mil seguidores que continha conteúdo pornográfico infantil e fazia apologia a crimes como estupro e violência contra idosos, mulheres e crianças. A informação é da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), divulgada nesta terça-feira (31). Os adeptos da página, bem como os responsáveis pelos conteúdos publicados, estão sendo investigados.

O secretário da segurança pública André Costa, informou que recebeu a denúncia sobre a página e a encaminhou ao conhecimento da Polícia Civil, que a partir de então tomou todas as providências necessárias para retirar a página do ar. 

"A Polícia Civil agiu com rapidez, atuou junto a essa rede social e conseguiu derrubar uma página que continha muito conteúdo de pedofilia e era seguida por um grupo de pedófilos. Esse é um trabalho importante, cuja atribuição muitas vezes é da Polícia Federal, mas nunca deixaremos de agir contra um crime tão grave desse", revelou o secretário.

Denúncias

A orientação da Polícia Civil é que as denúncias de crimes contra crianças e adolescentes devem ser feitas à Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca) por meio do número (85) 3101-2044 ou acionar o Disque 100, serviço oferecido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O Estado afirma garantir o sigilo e o anonimato.

Nos municípios onde há Delegacias de Defesa da Mulher (DDMs), as unidades são responsáveis por investigar as ocorrências de crimes sexuais contra crianças e adolescentes. Nos demais municípios, os crimes são investigados pelas demais unidades da Polícia Civil do Ceará.


Categorias Relacionadas