PF prende casal de passageiros com 63 celulares sem nota fiscal no Aeroporto de Fortaleza

O homem já havia sido preso no dia 19 de janeiro deste ano pelo mesmo crime. Na ocasião, ele foi detido ao desembarcar de São Paulo com 117 smartphones na mesma situação

Legenda: Smartphones chineses novos estavam armazenados em duas malas do casal
Foto: Foto: Divulgação/Polícia Federal

Um casal de passageiros foi preso com 63 aparelhos celulares importados da China ao desembarcar na tarde desta quinta-feira (6), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Os produtos estavam sem a devida documentação fiscal e recolhimento de tributos. 

O homem já havia sido preso no dia 19 de janeiro deste ano pelo mesmo crime. Na ocasião, ele foi detido ao desembarcar de São Paulo com 117 smartphones na mesma situação.

De acordo com a Polícia Federal, o casal desembarcou de um voo procedente de São Paulo e durante a inspeção de bagagens foi detectada a grande quantidade de aparelhos eletrônicos nas duas malas da dupla, que é natural do Ceará. 

Os dois foram levados até a sala da PF no aeroporto, onde as bagagens foram abertas e os agentes encontram 63 smartphones chineses novos, porém sem nota fiscal.

Ambos foram levados para a sede da Superintendência Regional da PF no Ceará, onde foram presos em flagrante e feita a apreensão da mercadoria. A dupla vai responder pelo crime de descaminho, que é caracterizado pela importação de mercadorias sem o pagamento do devido imposto ao fisco e tem pena de um a quatro anos de prisão.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança