PF cumpre mandados contra empresário, advogado e estrangeiros suspeitos de lavagem de dinheiro no CE

Trabalhos cumpriram 12 mandados de busca e apreensão, sendo 9 em Fortaleza, 2 em Trairi, interior cearense, e 1 em São Paulo (capital)

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (27), a Operação Lusitanos com o objetivo de aprofundar as investigações de um esquema criminoso envolvendo um advogado, um empresário e estrangeiros, na prática dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas no Ceará.

Segundo a Polícia Federal, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, sendo 9 em Fortaleza, 2 em Trairi, interior cearense, e 1 em São Paulo (capital). Cinquenta policiais federais participram da operação.

As ordens judiciais foram expedidas pela 32ª Vara da Seção Judiciária de Fortaleza.

Segundo as investigações, empresas de fachada, que teriam como procuradores o advogado e o empresário, estariam realizando investimentos no Ceará, com recursos provenientes da Europa, especialmente de Portugal, com suspeitas de origem ilícita, através da compra de imóveis e de outros bens neste estado.

Os investigados poderão responder, na medida de sua participação, pela prática dos crimes de lavagem de dinheiro; evasão de divisas e associação criminosa.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança