Pallas, cadela da Polícia Civil, doa sangue para ajudar outro cachorro com doença do carrapato

Os cães policiais são considerados ótimos doadores de sangue pela rotina intensa e treinos e alimentação saudável. Pallas é da raça pastor belga malinois

Legenda: O sangue da cadela foi retirado por uma equipe veterinária.
Foto: Divulgação/PCCE

A cadela Pallas, do Núcleo de Operações com Cães (NOC), doou sangue para ajudar um outro cachorro diagnosticado com hemoparasitose, popularmente conhecida como doença do carrapato, nesta sexta-feira (15), em Fortaleza. 

“Doar sangue é um ato de generosidade. Que o exemplo da Pallas possa sensibilizar as pessoas para a doação”, disse o delegado, Pedro Viana, diretor da  Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTC) da Polícia Civil.

A doação da cadela, da raça pastor belga malinois, aconteceu na sede do NOC e foi realizada por uma equipe veterinária. 

A Hemoparasitose ataca animais através da corrente sanguínea e causa anemia profunda. Cães policiais são considerados excelentes doadores pelos hábitos saudáveis.

Critérios para doação de sangue entre cães: 

  • Ter idade entre 1 e 8 anos; 
  • O peso mínimo de 20 quilos; 
  • Estar saudável, sem doenças e realização de transfusão ou cirurgias nos 30 dias anteriores; 
  • Não realizar uso de medicamentos contínuos e está com a vacinação e vermifugação em dia;
  • O intervalo entre as doações é de dois meses.