Paciente com suspeita de Covid-19 foge de hospital em Maracanaú e é capturado pela polícia

A Prefeitura de Maracanaú informou que o homem não apresentava sintomas da doença, mas teve “um surto e fugiu” 

Legenda: O paciente fugiu do Hospital Municipal de Maracanaú
Foto: Stênio Saraiva/Prefeitura de Maracanaú

Um paciente com suspeita de ter Covid-19 fugiu do Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda, em Maracanaú. O homem de 40 anos recebia tratamento médico na unidade. O caso foi registrado na última sexta-feira (3), mas foi divulgado apenas nesta segunda-feira (6).

Uma equipe do hospital realizou uma denúncia informando o sumiço de um homem com sintomas da Covid-19. Segundo a polícia, o paciente foi localizado em uma residência no Bairro Residencial II, a cerca de 3km de distância do hospital, e retornou aos cuidados médicos.

Apesar da confirmação, por parte da Polícia Civil de que se tratava de um caso suspeito, a Prefeitura de Maracanaú informou que ele não apresentava sintomas da doença, mas teve “um surto e fugiu”. 

Caso o paciente receba a confirmação de que está com o novo coronavírus, ele pode responder criminalmente por expor a vida ou a saúde de outros ao perigo direto e iminente. O crime é previsto no artigo 132 do Código Penal, com detenção de três meses a um ano.  

Quase 8 mil ocorrências

Entre os dias 20 de março e 5 de abril, a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) registrou 7.836 ocorrências por descumprimento ao decreto estadual que prevê medidas de combate ao novo coronavírus.

Do total, 3.891 casos se referem a aglomerações de pessoas e 3.945, a denúncias de comércios abertos. Os dados abrangem os núcleos da Ciops em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte.