Operação da PF contra fraude em crédito rural da Caixa Econômica cumpre mandados em Fortaleza

Estima-se que tenham sido desviados mais de R$ 6 milhões

Legenda: Para sacar o benefício é necessário gerar o código (token) no aplicativo Caixa Tem.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Uma operação da Polícia Federal contra fraudes na concessão de crédito rural da Caixa Econômica Federal, deflagrada nesta terça-feira (17), cumpriu mandados de busca e apreensão em Fortaleza e em outras quatro cidade de Roraima e Paraná. Estima-se que o esquema criminoso tenham desviado mais de R$ 6 milhões.

Além da capital cearense, a operação tem ações nas cidades roraimenses de Boa Vista, Cantá e Caracaraí; e também em Maringá, no Paraná. Ao todo, são 9 mandados de prisão e 17 de busca apreensão, expedidos pela 4° Vara Federal de Roraima. Não há informações sobre qual ou quais ordens judiciais foram cumpridas em Fortaleza.

De acordo com o portal G1, o esquema de fraude tinha participação de empresários, servidores da Caixa Econômica e laranjas, que obtiam empréstimos se passando por grandes empresários do agronegócio. O dinheiro dos empréstimos era destinado a empresas envolvidas, como forma de lavagem de dinheiro.

Segundo a Polícia Federal, esse esquema de fraude só pôde ser realizado com o apoio de servidores da Caixa. Dentre os laranjas, estão parentes, filhos e companheiros dos fraudadores. Os investigados devem responder, de acordo com a participação de cada um, pelos crimes de estelionato, peculato, organização criminosa, corrupção, lavagem de dinheiro e crime contra o sistema financeiro.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança