Onze armas de fogo são apreendidas durante ações em Canindé e três homens são detidos

Os três homens e todo material apreendido foram levados para a Delegacia Regional de Canindé. O trio foi liberado após pagamento de fiança.

Legenda: Onze armas de fogo foram apreendidas pela polícia durante ação em Canindé, no interior do Ceará.
Foto: Reprodução/SSPDS

Onze armas de fogo foram apreendidas e três homens foram detidos pela Polícia Militar durante uma ação no município de Canindé, no interior do Ceará, neste domingo (28). 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), policiais da Força Tática faziam buscas pelo município quando foram informados via rádio sobre a presença de homens armados nas localidades de Vazante do Curu, Estribo e Bala, na zona rural de Canindé.

Em seguida, os agentes foram até aos locais denunciados e fizeram buscas, começando por Vazante do Curu. Durante as buscas, os agentes foram a um imóvel apontado como local utilizado para guardar armas de fogo. A casa, que estava vazia, passou por vistoria e nela foram encontradas cinco espingardas.
 
Ainda conforme a Pasta, dando sequência às buscas, os agentes chegaram à residência de Francisco Gleisson Justino Sousa, de 33 anos, indicado na denúncia como um dos homens que possuíam armas na região. Durante buscas no local, os militares encontraram uma espingarda socadeira, uma espingarda de chumbo e munições. O material estava atrás de um guarda-roupa.

Os agentes foram, em seguida, até uma residência na localidade de Estribo, onde encontraram um homem identificado como Paulo Sérgio Alves de Sousa, de 31 anos. No local, foram encontradas duas armas de fogo, sendo um revólver e uma espingarda, além de munição de diferentes calibres. 

Em sequência, os PMs seguiram para a localidade de Bala. Os agentes foram até a casa de um terceiro suspeito, identificado como Antônio Márcio Lopes de Mesquita, de 26 anos, e lá encontraram mais duas espingardas e munição. Todo material foi encontrado em um quarto nos fundos do terreno.

Os três homens e todo material apreendido foram levados para a Delegacia Regional de Canindé. Francisco Gleisson, Paulo Sérgio e Antônio Márcio prestaram esclarecimentos e foram autuados em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido. O trio foi liberado após pagamento de fiança. As Polícias Militar e Civil mantém as ações de combate a atos criminosos na região.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança