Morre idosa que teve o corpo incendiado por genro em Limoeiro do Norte

Eliza Adão de Melo, de 82 anos, morreu em uma unidade hospitalar

Legenda: Idosa tem corpo incendiado por genro que queria chamar atenção da esposa, em Limoeiro do Norte; vítima foi socorrida com vida
Foto: Foto: Arquivo Pessoal


Morreu na manhã desta segunda-feira (19), a idosa de 82 anos que teve o corpo incendiado pelo próprio genro, que queria chamar a atenção da esposa, em Limoeiro do Norte, no interior do Estado. José Airton de Lima, de 55 anos, foi preso e autuado, ainda quando a idosa estava internada, por tentativa de homicídio doloso, quando há intenção de matar. 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), o crime ocorreu no bairro Doutor José Simões, no último domingo (18). Após ter o corpo atingido pelas chamas, Eliza Adão de Melo foi socorrida para uma unidade hospitalar do município, mas não resistiu aos ferimentos. O genro estava sob efeito de bebida alcoólica e confessou o crime, de acordo com a SSPDS.  

Ainda segundo a SSPDS, com a conclusão das investigações, que é conduzida pela Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte, José Airton poderá ser indiciado por homicídio ou feminicídio.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança