Mais de 60 pessoas são flagradas em duas festas clandestinas no Interior do Ceará

Os eventos ocorreram em Pentecoste e Guaiúba, reunindo 50 e 11 pessoas, respectivamente

Bebidas separadas para serem consumidas em festa
Legenda: Segundo a Polícia, os grupos não mantinham distanciamento social e consumiam bebidas alcoólicas
Foto: SSPDS

A Polícia Militar do Estado (PMCE) encerrou duas festas clandestinas, na madrugada deste domingo (16), nos municípios de Pentecoste e Guaiúba, no interior do Ceará. Juntas, elas reuniram pelo menos 60 pessoas. Realizar eventos do tipo descumpre o que está previsto no decreto de isolamento social em vigor no Estado. 

Segundo a Polícia, os grupos não mantinham distanciamento social e consumiam bebidas alcoólicas. 

A festa em Pentecoste, distante cerca de 97,5 km de Fortaleza, foi interrompida por volta das 4h. No local, foram identificadas 50 pessoas. Elas foram orientadas a retornarem para casa e a fazerem o uso da máscara de proteção.

Havia, também, paredões de som, que foram apreendidos.

Os proprietários dos veículos com a aparelhagem foram identificados e conduzidos à Delegacia Regional de Itapipoca, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por infringirem determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Rave para 4.500 pessoas

Pessoas aglomeradas
Foto: Secretaria de Saúde do Ceará

Também na madrugada, em Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza, a Polícia flagrou aglomeração com 11 pessoas. De acordo com a Vigilância Sanitária do Estado, ocorreria uma ‘rave’ no local. A estimativa de público era de 4.500 pessoas. 

O grupo foi levado à Delegacia Metropolitana de Horizonte. Também foi lavrado um TCO em desfavor das pessoas presentes no evento. 

A organizadora da festa foi autuada por não usar máscara e afirmar não ter. Conforme a Vigilância, foram encontrados "muitos alimentos armazenados sem a menor obediência às boas práticas de armazenamento e manipulação", gerando o risco um surto de doenças transmitidas pela ingestão destes alimentos. 

Em fevereiro, o mesmo evento já havia sido impedido pela PM.

Denúncias

A PMCE reforça que conta com a colaboração da população para cumprir os protocolos de saúde para prevenção à Covid-19. Denúncias de aglomerações e eventos clandestinos podem ser feitas pelo 190.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança