Justiça recebe denúncia do Ministério Público contra líder religioso suspeito de estuprar mulheres

De acordo com a denúncia, Francisco Aucivan Pereira Linhares tocava as partes íntimas das mulheres sob a alegação de que o ato era necessário na realização do ritual.

O juiz Anderson Alexandre Nascimento recebeu nesta segunda-feira (19) denúncia do Ministério Público do Ceará contra o pai de santo Francisco Aucivan Pereira Linhares e determinou a citação do réu, que atualmente já se encontra recolhido na Penitenciária Industrial Regional de Sobral (Pirs).

O MPCE tinha apresentado a denúncia na última terça-feira (13) contra o religioso por suspeita de sete crimes de estupro na região da Serra de Ibiapaba, no Ceará. Ele está preso desde 26 de julho.

Denúncia

Francisco Aucivan Pereira Linhares, conhecido como "Pai Francisco" não tinha antecedentes criminais, segundo a Secretaria da Segurança Pública. 

De acordo com a denúncia, "Pai Francisco" tocava as partes íntimas das mulheres sob a alegação de que tal ato era necessário na realização do ritual.

O Sistema Verdes Mares tentou entrar em contato com a defesa do religioso, mas não obteve retorno até a publicação da matéria.


Assuntos Relacionados