Jovem é ferida a facadas pelo ex-companheiro em Graça

A polícia informou que a vítima tinha uma medida protetiva contra o suspeito

Uma jovem foi agredida e esfaqueada pelo ex-companheiro na cidade de Graça, interior do Ceará, na noite da última sexta-feira (28). O suspeito foi preso e autuado por feminicídio no sábado (29) por agentes da Polícia Militar. A Polícia Civil informou que a vítima de agressão já tinha uma medida protetiva contra o suspeito.

Inácia Eduarda Costa Silva,19 anos, estava separada há pouco tempo do suspeito. Testemunhas relataram à polícia que o ex-companheiro, identificado como Antônio Wanderley de Oliveira, 22 anos, estava bebendo com um primo em um bar da região e viu Inácia passando pelo local. O suspeito foi ao encontro dela logo e, depois, voltou ao bar correndo com uma faca suja de sangue na mão e fugiu.

Inácia foi vista por moradores, socorrida com muitos ferimentos para o Hospital Municipal de Graça e encaminhada para a Santa Casa de Sobral, onde segue internada na UTI.  Os dois têm uma filha de um ano e oito meses.

Medida Protetiva
A polícia civil informou que a vítima de agressão já tinha uma medida protetiva contra Wanderley, que também é suspeito de agredir a jovem enquanto moravam juntos. O agressor já responde por lesão corporal dolosa.

Prisão
O ex-companheiro foi encontrado na casa do primo que estava com ele no bar dia do crime. Foram encontradas duas facas, uma delas usada na tentativa de feminicídio. 

De acordo com a Polícia Civil do município de Pacujá, que deve assumir as investigações a partir desta segunda, a motivação teria sido um “acerto de contas”. 

O primo do suspeito informou a polícia que Wanderley não teria gostado de algo que ouviu de ex-companheira e, por isso, teria ido tomar satisfações.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados