Homem invade casa e mata cunhado a tiros por suspeitar que ele levou irmã a abortar

Suspeito alegou que a esposa perdeu o filho aos quatro meses de gestação, após tomar algo dado pela vítima

Legenda: Suspeito invadiu a casa da vítima, que foi morta com tiros na cabeça e nas costas.
Foto: Foto: Rafaela Duarte

Um homem identificado como Victor Vasconcelos da Costa, de 24 anos, invadiu uma residência e matou o cunhado a tiros após suspeitar que ele deu uma medicação para irmã da vítima abortar. O caso aconteceu  na  Rua Coletor Antônio Gadelha, no bairro Messejana, em Fortaleza, na noite desta segunda-feira (20).

Segundo a polícia, Samuel Gomes da Silva, de 26 anos, tentou fugir do suspeito, mas foi atingido por disparos na cabeça e nas costas. A esposa de Samuel, que está grávida, estava em casa no momento da invasão, mas não ficou ferida.

Depois do crime, Victor fugiu mas abordado e preso por uma viatura que passava nas proximidades. A polícia apreendeu o revólver usado no homicídio e o suspeito foi preso e encaminhado para o 30º Distrito Policial.

Legenda: Polícia apreendeu revólver usado no homicídio.
Foto: Foto: Divulgação

Durante o depoimento, o homem alegou que há oito meses a esposa dele estava grávida e, aos quatro meses de gestação, tomou algo dado pelo cunhado que induziu o aborto. A partir daí, Victor e e Samuel passaram a se desentender. 

De acordo com a polícia, o suspeito chegou a filmar parte da ação criminosa. As imagens serão usadas nas investigações.

Legenda: Suspeito alega que o cunhado fez a esposa perder o bebê que estava esperando.
Foto: Foto: Divulgação