Grupo armado assalta lanchonete no Vila União; veja imagens

Três homens e uma mulher chegaram ao estabelecimento a pé e levaram objetos pessoais dos clientes e da proprietária

Escrito por Redação, seguranca@svm.com.br

Segurança
lanchonete Vila União
Legenda: Câmera de segurança do local filmou a ação criminosa
Foto: Brenda Albuquerque/SVM

Uma lanchonete localizada na Avenida Lauro Vieira Chaves, no bairro Vila União, em Fortaleza, foi assaltada na noite dessa terça-feira (3). Clientes e a proprietária do estabelecimento tiveram pertences levados pelo grupo armado, que era formado por três homens e uma mulher.

Imagens do circuito interno de segurança da lanchonete filmaram a ação criminosa às 20h10. Os suspeitos chegam ao local a pé, anunciam o assalto e começam a recolher primeiramente os objetos pessoais dos clientes que estão na calçada.

No vídeo, um dos homens aparece intimidando um casal com uma faca, enquanto os demais entram nas dependências do local, de onde roubaram uma televisão e uma quantia em dinheiro da dona do estabelecimento, que fritava pastel na hora da ação. O assalto durou cerca de um minuto. 

“Eu estava atendendo normal, estava até fazendo pastel para a minha filha, quando ela percebeu o tumulto. Chega o pessoal e diz ‘bora, bora, passa, passa’. Levaram de R$ 20 a R$ 30 do meu dinheiro e a TV”, relata a proprietária do estabelecimento, que pediu para não ser identificada.

Susto

Segundo a mulher, o grupo estava armado com dois revólveres e uma faca. Ela relata ainda que um dos clientes chegou a pedir para que os suspeitos deixassem, “pelo menos”, a documentação, mas não teve a solicitação atendida. 

O pai dela, de 85 anos, também estava no local. “Graças a Deus não mexeram com ele. É o meu maior medo, eu paraliso por causa dele. Tenho medo que façam alguma coisa com ele”, teme, reivindicando “segurança para poder trabalhar”. 

Por meio de nota, a Polícia Civil do Ceará informa que segue em diligências na tentativa de localizar os suspeitos. O 25º Distrito Policial (DP) está responsável pelas investigações.

A PCCE também alerta que as vítimas registrem Boletim de Ocorrência por meio da Delegacia Eletrônica (Deletron) ou de forma presencial em qualquer unidade da Polícia Civil. 

"A população pode contribuir com as investigações repassando informações que ajudem nos trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o telefone (85) 3101-3529, do 25° Distrito Policial (DP). O sigilo e o anonimato são garantidos", complementa. 

 

 

Assuntos Relacionados