Filho de policial da reserva leva tiro acidental na cabeça ao brincar com arma do pai, em Itapipoca

Menino de 7 anos foi levado para o Instituto Dr. José Frota, em Fortaleza, para se submeter a uma cirurgia.

O filho de sete anos de um policial militar da reserva foi baleado acidentalmente na cabeça enquanto brincava sozinho na sala da casa onde mora, na tarde desta quarta-feira (8), em Itapipoca, no Ceará. A vítima foi socorrida imediatamente para um hospital da cidade e depois transferida para o Instituto Dr. José Frota, em Fortaleza, para se submeter a uma cirurgia. O estado de saúde dela é grave, no entanto está estável.

De acordo com a Polícia Militar, o pai da criança informou que estava dormindo no quarto localizado no andar superior do duplex onde mora, quando acordou com o barulho do tiro. O PM disse que deixou a arma dele travada antes de subir para o quarto. 

Após ser atendido em um hospital do próprio município, o menino precisou ser transferido para o IJF, no Centro da capital cearense. Ele não corre risco de morrer porque não houve perda de massa encefálica durante o tiro acidental. Os médicos estão aguardando como vai ser a reação à cirurgia. A arma envolvida no incidente não foi encontrada.


Categorias Relacionadas