Dupla suspeita de praticar assaltos é baleada durante confronto com a PM no bairro Siqueira

Os suspeitos teriam sido atingidos por policiais militares após, supostamente, atirarem contra a patrulha, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública

Legenda: Com a dupla, a Polícia Militar do Ceará (PMCE) apreendeu um revólver calibre 38 e um simulacro e arma de fogo.

Dois jovens foram baleados na madrugada desta terça-feira (19), em Fortaleza, durante um suposto confronto com uma patrulha da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Daniel de Freitas Pinheiro, de 25 anos, e Francisco André Costa Oliveira, 19, que foram presos, são suspeitos de roubar um veículo no Montese e praticar assaltos no Siqueira, bairro no qual ocorreu a troca de tiros. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), nenhum policial ficou ferido na ação.

Segundo a Secretaria, a captura dos suspeitos foi realizada por uma equipe do  Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), a partir de informações da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que identificou o veículo roubado, modelo Gol, no Montese.

Conforme a PM, os suspeitos, após o roubo do veículo, foram ao Siqueira, onde continuavam realizando assaltos. Lá, durante as buscas, os policiais encontraram a dupla em um dos cruzamentos do bairro, entre as avenidas Osório de Paiva e Engenheiro Luis Monteiro. 

Tentativa de fuga 

Conforme a PM, ao receberem ordem de parada os suspeitos não obedeceram e tentaram fugir. Durante a perseguição policial, a dupla teria efetuado disparos de arma de fogo contra os policiais e atingido a motocicleta de um deles. Em seguida, ainda de acordo com a Polícia, os militares revidaram e atingiram Daniel e Francisco.

De acordo com a SSPDS, a dupla foi encaminhada para uma unidade hospitalar. A Pasta informou que Francisco tem antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo e roubo; além de passagens pela Polícia, quando menor de idade, por roubo, lesão corporal, dano e crime contra a fé pública. Já Daniel tem passagens por uso de drogas.

Conforme a PM, foram apreendidos, com eles, o carro, um revólver calibre 38, um carregador com três munições intactas e uma deflagrada, um simulacro de pistola e 2 aparelhos celulares. O caso, informou a SSPDS, foi encaminhado para o 32º Distrito Policial (Granja Lisboa), no qual foi instaurado um inquérito por roubo e porte ilegal de arma de fogo.