Dupla de adolescentes é apreendida suspeita de assassinar policial civil no bairro Jardim Cearense

Os suspeitos foram levados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), no bairro São Gerardo

Legenda: O agente Valdenir de Sousa tinha 49 anos e trabalhava há 14 na Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).
Foto: Foto: Reprodução/ Facebook

Dois adolescentes foram apreendidos, na noite dessa segunda-feira (16), suspeitos de assassinar a tiros o policial civil José Valdenir de Sousa, de 49 anos. O inspetor foi morto ontem, no bairro Jardim Cearense, onde costumava alimentar gatos abandonados. 

De acordo com o 8º Distrito Policial (José Walter), que investiga o caso, a dupla foi apreendida ainda ontem e encaminhada para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) homenageou o agente em uma nota publicada na manhã desta terça-feira (17), em uma rede social. 

No post, a Corporação lamentou profundamente o assassinato do inspetor, que trabalhava há 14 anos na Polícia Civil. O Órgão salientou ainda que a morte do policial, lotado no 8º DP desde 2014, será investigada. 

“A PCCE lastima a perda de um dos seus integrantes e se solidariza com os familiares e amigos, ao passo que reforça que o crime que vitimou o inspetor não passará impune. Várias equipes policiais realizam diligências ininterruptas para o total esclarecimento da morte do inspetor”, afirmou a Polícia.

Assassinato  

José Valdenir foi morto no cruzamento da rua Coronel Jaime Rolemberg com Rua Oito, no Bairro Jardim Cearense, em Fortaleza. A vítima foi abordada pela dupla que estava em uma motocicleta. Conforme testemunhas, após os disparos, os suspeitos abandonaram o veículo próximo à vítima e fugiram correndo.

A reportagem solicitou informações à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) sobre as linhas de investigação em relação à motivação do assassinato, mas, até o momento, não obteve resposta da Pasta. 


Categorias Relacionadas