Dono de restaurante é um dos mortos em acidente com hélice eólica em Parambu

Alexandre Soares e o pai dele, Omar Falcão Soares, estavam no carro esmagado pela pá na BR-020, neste domingo

Legenda: Alexandre Soares, sócio do restaurante Floresta Bar, morreu ao lado do pai em acidente com hélice eólica
Foto: Arquivo pessoal

O acidente ocorrido em Parambu neste domingo (30), quando uma hélice eólica caiu por cima de um carro, deixou como uma das vítimas um dos donos do restaurante Floresta Bar, Alexandre Barbosa Soares, de 44 anos. Também morreu o pai dele, Omar Falcão Soares, de 76 anos. 

O sócio majoritário do estabelecimento localizado em Fortaleza, Pedro Machado, confirmou a informação ao Sistema Verdes Mares nesta segunda-feira (31). Na noite deste domingo, o restaurante não funcionou, em razão da fatalidade. As atividades retornaram nesta segunda. 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro de passeio e a carreta que fazia o transporte da pá eólica colidiram frontalmente. Com a batida, a carreta chegou a sair da pista e o equipamento esmagou o carro e ficou atravessado no meio da rodovia, impossibilitando o tráfego de veículos.

A pá de hélice eólica envolvida no acidente segue bloqueando o trecho no quilômetro 47, da BR-020, no município de Parambu, nesta segunda-feira (31). O local estava interditado.

Conforme informações da PRF, o equipamento será retirado e o trecho desobstruído ainda nesta segunda, porém não há previsão de horário. No domingo (30), horas após o acidente acontecer, policiais rodoviários chegaram a improvisar um desvio para os motoristas que precisarem passar pelo local.

 

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança