Dois homens são presos por vender lugar em fila de cadastro biométrico em Fortaleza

O prazo para regularizar o título de eleitor e garantir o voto nas próximas eleições segue até o dia 29 de novembro e não terá adiamento

Legenda: Eleitores reclamaram da falta de banheiros e água em fila na área externa do Centro de Eventos do Ceará
Foto: Foto: João Lima Neto

Dois homens foram presos, nesta quarta-feira (27), por vender lugar na fila no Mutirão do cadastro biométrico, no Centro de Eventos, em Fortaleza. Até sexta-feira (29), o local recebe eleitores para realizar a atualização do título.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), foi realizado o reforço no policiamento no local para evitar esse tipo de infração. Ainda de acordo com o órgão, eleitores aguardam até 10 horas para realizar o cadastro, obrigatório para garantir o direito ao voto nas eleições municipais de 2020.

"A Justiça Eleitoral não compactua com esses casos e já tem repassado as denúncias aos órgãos de segurança, a quem compete coibir essa prática. A fila é um instrumento de defesa da democracia. A negociação de lugares na fila e/ou a venda de senhas ofende, portanto, a própria democracia", alertou o órgão.

O prazo para regularizar o título de eleitor e garantir o voto nas próximas eleições segue até o dia 29 de novembro e não terá adiamento.

Denúncias

No mutirão de cadastramento biométrico do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), realizado no Centro de Eventos do Ceará, eleitores reclamaram da falta de organização e até da venda de senhas para atendimento. Neste domingo (17), o TRE-CE distribuiu três mil fichas. O objetivo do órgão é registrar 523 mil cidadãos antes das eleições 2020. 

O advogado Rafael Driesse chegou com a esposa às 4h da manhã no Centro de Eventos do Ceará para conseguir pegar uma das senhas distribuídas ainda na madrugada. “Acordamos às 3h. Vejo um pouco de falta de organização e também de informação. O pessoal que está fora não tem acesso ao banheiro. Além disso, tem gente vendendo fichas de atendimento por R$200”, declarou o eleitor. Durante a semana, o atendimento funciona de 8h às 17h — por ordem de chegada.