Delegado é expulso da Polícia

O delegado de Polícia Civil Delmiro Baturité Queiroz Zamenhof foi expulso da instituição por decisão do Governo do Estado. Ele vinha sendo investigado pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), sob a acusação de transgressão disciplinar de natureza gravíssima.

O delegado Delmiro Baturité Queiroz Zamenhof teve sua expulsão da Polícia Civil publicada no Diário Oficial do Estado, na última sexta-feira FOTO: LUCAS DE MENEZES

Conforme a CGD, o delegado, utilizava um cartão com senha para abastecimento exclusivo da viatura da delegacia do 9ºDP (Dunas) de forma indevida, pois a viatura já havia entrado em desuso e estava recolhida para leilão no Departamento de Transportes da Polícia Civil.

Outro cartão, para o abastecimento da viatura da Delegacia Municipal de Santana do Acaraú, também foi utilizado indevidamente pelo delegado. Assim, conforme a investigação da CGD, Delmiro abastecia seu carro particular com combustível pago pelo Estado.

A denúncia sobre o caso gerou um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) em outubro do ano passado.

Expulsão

O ato de demissão do servidor dos quadros da Polícia Civil foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), na última sexta-feira. O delegado se envolveu, recentemente, em outro polêmico episódio, quando teria liberado do plantão do 34º DP (Centro), um grupo de pessoas detidas por PMs do BPRaio com drogas. Ele nega a acusação.
Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança