Costureira é encontrada morta em trecho da CE-176, em Santa Quitéria, no Ceará

Segundo a família, a mulher de 39 anos foi morta pelo companheiro. A Delegacia Municipal de Santa Quitéria investiga o caso

Uma mulher foi encontrada morta às margens da CE-176, na manhã deste domingo (2), no município de Santa Quitéria, no Ceará. A família da vítima suspeita que o companheiro dela possa estar envolvido no crime. 

A Secretaria da Segurança Pública informou que a Delegacia Municipal de Santa Quitéria é responsável pelas investigações do achado de cadáver. A vítima foi moradores da região que acionaram a polícia. 

Segundo uma fonte próxima à família, a vítima, identificada como Juliana Sousa Cruz, de 39 anos estava com marcas de tiros e o corpo parcialemnte carbonizado. Foram pelo menos três perfurações, conforme perícia realizada na cidade de Canindé. A mulher é natural de Santa Quitéria, mas trabalhava como costureira em Fortaleza. Ela deixou três filhos, sendo dois do atual relacionamento. 

Ainda de acordo com a família, o casal saiu junto no sábado (1º) e Juliana não retornou para Fortaleza no domingo, como era previsto. O companheiro dela, que trabalha como vigilante chegou a entrar em contato com parente para informar que ambos estavam na cidade de Varjota e logo em seguida chegariam a Fortaleza, o que acabou não acontecendo.

O casal estava junto há pelo menos 18 anos, contudo, atualmente estava vivendo em cidades distintas e só se viam nos finais de semana. 

O Sistema Verdes Mares entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública para obter informações sobre o homem apontado pela família como suspeito de cometer o crime e aguarda resposta.


Assuntos Relacionados