Como está a coleta de lixo hoje em Fortaleza? Há bairros sem serviço há dias

Moradores relatam ausência de coleta por mais de seis dias, como Vila Manoel Sátiro, Bom Jardim e Vila Ellery. 

No 8º dia dos ataques, equipes de reportagem da redação do Sistema Verdes Mares (SVM) estão distribuídas pelas sete secretarias regionais de Fortaleza e flagraram rampas e pontos de lixo pelas principais avenidas da Capital nesta quarta (9). Moradores relatam ausência de coleta por mais de seis dias, como nos bairros Vila Manoel Sátiro, Bom Jardim e Vila Ellery. 

Até agora, quatro caminhões de lixo foram alvos de ataques incendiários nos bairros Messejana, Pirambu e Abreulândia, em Fortaleza; e um em Pacajus, na Região Metropolitana.Com isso, a coleta de lixo foi prejudicada e o acúmulo de lixo passou a ser mais um problema enfrentado na maioria dos bairros da Capital. 

No domingo, a Coordenadoria Especial de Limpeza Urbana e Resíduos Sólidos da Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) informou que alguns caminhões de lixo estavam retomando o serviço, com apoio de escolta policial. Contudo, os relatos apontando resíduos acumulados são constantes. 

Vídeo: flagrante da coleta com escolta policial na Avenida Leste-Oeste

REGIONAL I 

Legenda: Av. Francisco Sá
Foto: Theyse Viana

A falta de limpeza urbana é explícita no bairro Álvaro Weyne. Um ponto da Avenida Francisco Sá que, foi limpo na última terça (8) por um caminhão de coleta regular escoltado pela Guarda Municipal de Fortaleza, permanece com grande acúmulo de resíduos.

Legenda: Avenida José Jatahy.
Foto: Theyse Viana

Resíduos domésticos, móveis velhos e carcaças de aparelhos eletrônicos: tudo deveria ser descartado nos contêineres do Ecoponto do Jacarecanga, mas tem sido despejado no canteiro central da Avenida José Jatahy, ao ar livre. A quantidade de moscas e outros insetos, além de roedores em plena via pública, é visível.

Legenda: Avenida Sargento Hermínio Sampaio
Foto: Theyse Viana

Por causa da onda de ataques da última semana, o serviço de coleta de lixo foi prejudicado na Avenida Sargento Hermínio Sampaio, no bairro Presidente Kennedy. Segundo moradores, caminhões de recolhimento de lixo não passam há três dias. A reportagem flagrou, pelo menos, cinco grandes pontos de acúmulo de resíduos na extensão da via. Alguns deles foram queimados.

"Quanto mais distante do Centro, pior." A constatação de um morador da Barra do Ceará é resultado da situação precária do bairro: a coleta especial de lixo que passava três vezes por semana, segundo residentes da região, não é realizada há sete dias, desde o início dos ataques.

Na Rua Bernardo Porto, ao lado do posto de saúde, no Bairro Vila Ellery. Mais da metada de rua tomada pelo lixo, após seis dias de ausência de coleta de lixo.

REGIONAL CENTRO

Legenda: Av. Duque de Caxias.
Foto: Camila Marcelo

Pontos de lixo se acumulam ao longo do canteiro central no fim da Avenida Duque de Caxias, no Centro. De acordo com o vendedor de carvão, Luís Carneiro da Silva, que já trabalha há 25 anos no local, desde a última sexta-feira (4) não passa caminhão para coleta de lixo. Enquanto isso, a população segue colocando sacos de lixo e até móveis no meio da avenida.

Legenda: Catedral de Fortaleza
Foto: Kélvia Ribeiro

No entorno da Catedral, lixo e entulho nas calçadas.

REGIONAL II

Legenda: Av Zezé Diogo.
Foto: Miguel Martins

Na avenida Zezé Diogo, na Praia do Futuro, esquinas são locais lixos de rampa de entulhos.

REGIONAL III

Ao longo da avenida José Bastos, são pelo menos três pontos nesta situação na avenida José Bastos, no bairro Rodolfo Teófilo.

Na Rua São Luís, no Henrique Jorge, tem um quarteirão inteiro tomado por todo tipo de material.

Legenda: Rua Tiradentes
Foto: André Costa

Já na Rua Tiradentes, com major Pedro Sampaio, esquina inteira tomada pelo lixo.

REGIONAL IV

Legenda: Bairro Itaperi
Foto: Bárbara Câmara

Um ponto de lixo foi registrado a poucos metros da entrada do Posto de Saúde Dom Aloisio Lorscheider, no bairro Itaperi, esta manhã. Funcionários da unidade acreditam que o acúmulo se deve à mudança de itinerário dos caminhões de coleta, devido aos ataques recentes.

REGIONAL V

Legenda: Bom Jardim
Foto: Renato Allan

Sem coleta desde sexta (4), alguns pontos do Bom Jardim acumulam lixo deixado por catadores, segundo dizem moradores. Apesar do medo e de ter fechado mais cedo na terça, comércio funciona normalmente nesta quarta. 

REGIONAL VI

Legenda: Avenida Bernardo Manuel
Foto: Bruno Cabral

Lixo acumulado na esquina da avenida Bernardo Manuel com rua Risalvo, no bairro Conjunto José Wálter. 

Legenda: Vila Manoel Sátiro.
Foto: Camila Marcelo

Moradores reclamam que há um semana não passa o carro da coleta de lixo. Com isso, lixo acumulado nas ruas do bairro Vila Manoel Sátiro.

Legenda: Avenida Castelo de Castro
Foto: José Leomar

Em Messejana, dezena de metros de lixo na Avenida Castelo de Castro, na entrada do Conjunto Palmeiras. A mesma realidade é vista em trechos na Avenida Perimetral.