CGD apura abordagem da PM que terminou em prisão de homem por desacato; veja vídeo

Suspeito foi imobilizado por militar, o que revoltou moradores. Um policial discutiu com mulheres e até empurrou uma delas. A Polícia Militar afirma que o suspeito proferiu palavras de baixo calão contra os agentes e tentou fugir

Um homem foi preso pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) por desacato, lesão corporal contra os PMs e outros crimes, no bairro Cais do Porto, em Fortaleza, na manhã da última quarta-feira (21). Mas a abordagem policial, que revoltou moradores da localidade, é alvo de apuração na seara administrativa.

Um vídeo feito por um morador mostra o suspeito imobilizado por um policial militar. Outro PM discute com algumas mulheres e até empurra uma delas. A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) informou, em nota, que "determinou a imediata apuração dos fatos na seara administrativa disciplinar".

De acordo com a PMCE, os policiais do Motopatrulhamento do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) realizavam patrulhamento na Avenida Dioguinho, quando foram informados por populares que no novo condomínio Alto da Paz suspeitos estavam praticando ameaças e furtos aos moradores. Uma moradora disse ainda que teve seu apartamento arrombado e saqueado. 

Os agentes de segurança começaram as buscas, quando se depararam com um homem identificado como Iderlan Lopes de Sousa, de 29 anos, na Rua Ismael Pordeus. Segundo a Polícia Militar, ele proferiu palavras de baixo calão contra os militares, desobedeceu a ordem dos agentes na abordagem e tentou fugir, quando foi detido.

Iderlan foi preso e levado ao 9º DP (Vicente Pinzón), da Polícia Civil do Ceará (PCCE), onde foi autuado pelos crimes de desacato, desobediência, ameaça, lesão corporal e resistência. Ele já tinha passagens pela Polícia por roubo.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança