Ceará tem maior aumento em mortes por causas externas no Brasil

São considerados casos de suicídios, acidentes de trânsito, afogamentos e homicídios

O estado do Ceará teve um aumento de 144,1% no número de mortes por motivos externos de homens no grupo de 15 a 24 anos, entre 2007 e 2017. Foram 2.674 casos na faixa etária somente em 2017, 8% dos 32.106 casos gerais de homens no ano passado. Os dados são do informativo "Estatísticas do Registro Civil" do período, divulgado nesta quarta-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

No quesito "mortes externas" são considerados casos de suicídios, acidentes de trânsito, afogamentos e homicídios.

Aumento
Sete estados obtiveram incremento nos números, cinco deles na região Nordeste (Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Bahia) e dois na região Norte (Tocantis e Acre). 

Segundo o levantamento, o número de óbitos ocorridos e registrados no Brasil nos últimos 10 anos passou de 1.031.864 para 1.273.840 nestes dez anos (um aumento de 23,5%).

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados