Camilo assina ordem de serviço de R$ 140 milhões para construção do Centro Integrado de Segurança

Órgão será erguido no terreno onde ficavam as residências militares da Força Aérea Brasileira (FAB) de Fortaleza

Legenda: Camilo Santana assina ordem de serviço de R$ 140 milhões para construção do Centro de Segurança do Ceará em área desativada da Vila Militar da Base Aérea.
Foto: Divulgação/Governo do Ceará

A ordem de serviço para a construção do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), em Fortaleza, foi assinada pelo governador Camilo Santana, na manhã desta quinta-feira (7). O valor total da obra é de R$ 140 milhões. A solenidade foi transmitida pelas redes sociais do Governo e contou com a presença do prefeito Sarto Nogueira

“Esse Centro terá um papel muito importante para o trabalho e valorização da segurança pública do Ceará”, disse Camilo. Com as mudanças, a gestão espera ter mais eficiência administrativa, operacional e logística, além da redução de custos e facilidade de manutenção das edificações integradas.

Foto: Reprodução

O Cisp será construído no terreno onde ficavam as residências militares da Força Aérea Brasileira (FAB) de Fortaleza, na avenida Borges de Melo. O local possui ao todo 80.000 m² e terá 35.000  m²  de área construída, segundo Camilo. As obras já foram iniciadas. 

O espaço abrigará as sedes do Corpo de Bombeiros Militar (CBMCE), da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), do novo Centro Integrado de Inteligência e de um Centro de Convivência, além da interligação com a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), em funcionamento no Aeroporto Internacional Pinto Martins

Foto: Reprodução

A área foi cedida ao Governo do Estado pela União, por um período de cinco anos, válido até 5 de outubro de 2025, com possibilidade prorrogação até que seja feita doação definitiva. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) em outubro de 2020. 

A gestão das reformas é feita pela Superintendência de Obras Públicas (SOP), com recursos do Tesouro do Estado, que considera a área como estratégica por estar localizada nas proximidades da Base Aérea de Fortaleza e do terreno onde funciona o Comando Geral da Polícia Militar, na avenida Aguanambi

Veja mais imagens do projeto

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança