Adepol vai protocolar pedido para que delegados aposentados reforcem trabalho de combate às facções

Com a série de ataques no Estado, delegados em processo de aposentadoria se colocaram à disposição para atuar nos trabalhos de combate

Delegados da Polícia civil do Ceará em processo de aposentadoria se colocaram à disposição do Estado para colaborar no combate à série de ataques criminosos que vem ocorrendo desde o início do mês. A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE) informou que vai protocolar um ofício, no Palácio da Abolição, para formalizar a vontade das autoridades em retomar os postos nas atividades de investigação à cargo da Polícia Judiciária. 

“Tal providência, acaso acatada pelo governo, não gerará ônus para o Estado, conquanto estes servidores já recebem mensal e integralmente seus salários, mesmo estando afastados aguardando o trâmite dos processos de aposentadoria serem finalizados”, acrescentou a Adepol. 

Segundo a Associação, cerca de 400 profissionais seriam incorporados à força de trabalho. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados